flores de pompom, que tal?

sabe aqueles vidros de embalagens de molho de tomate, geléia, azeitonas… que vão se acumulando em um canto de sua cozinha se você, como eu, não tem coragem de jogá-los no lixo?

que tal aprender a reutilizá-los de um jeito fofo, para alegrar sua casa ou presentear alguém?

vale dizer que esta não é uma ideia original minha… tenho certeza que vi em algum dos blogs que sigo, mas não consigo lembrar onde (cheguei a procurar para incluir aqui o link, mas sem sucesso).

olha só o que irá precisar:DSC00690

como fiz vários potes de uma vez, os preenchi com sal grosso para ter uma ideia de volume. geralmente, 500 g de sal grosso enche 2 ou 3 vidros, dependendo do tamanho.

para fazer os pompons eu prefiro usar moldes que são facilmente encontrados em armarinhos, pois com eles não há necessidade de ficar ajustando o pompom para ficar redondinho – já sai redondinho. o que tenho chama pom-pom fácil, da Pinguim e aqui tem um tutorial sobre ele.  mas também é possível produzir seu próprio molde em papel cartão. encontrei este vídeo que mostra como fazer (a artesã, inclusive, compartilha os moldes criados por ela). o vídeo está em espanhol.

depois disso, use a cola quente nas extremidades dos gravetos para colar as flores de pompom e produzir as flores.
DSC00693

DSC00694

DSC00695

com as flores prontas é hora de plantá-las. para facilitar, mantenha apenas metade ou até menos sal grosso no pote. preencha até encher o pote de novo, depois de ter colocado as flores na posição desejada.

DSC00698

por último, use fitas, sianinhas e até rendas para enfeitar o vidro e dar acabamento.

DSC00699

minhas opções de cores de lã e fitas estão restritas hoje, precisando ir a um armarinho URGENTE… mas se você tiver cores mais variadas, conseguirá um efeito mais alegrinho.

Anúncios